Vômitos

Os vômitos sempre preocupam os pais, pois além do desconforto, podem levar a uma desidratação importante. Podem ser causados por vários motivos:

Traumas – ver as orientações sobre traumas na cabeça, neste site.

Após quadro de tosse – neste caso o vômito é consequência da tosse e a mesma deve ser avaliada, pois resolvendo o motivo da tosse, os vômitos cessam.

Espontâneos – normalmente o vômito (assim como a diarreia) é um mecanismo de defesa e está tentando colocar para fora do organismo, algo que deveria realmente sair. Assim, quando a criança ou adolescente apresentar vômitos, deixe eliminar todo o necessário e normalmente os vômitos deverão cessar espontaneamente. Caso isso não ocorra, existem algumas medidas que devem ser tomadas.

Após vomitar algumas vezes, NÃO dê líquidos ao paciente logo após os episódios. Procure fazer um jejum, inclusive de água, por 1 hora, para estômago “acalmar” e ao tentar reidratar, o faça em pequenos volumes (1 colher de sobremesa de água ou 1 colher de chá de água, para os menores), com intervalos de 2-3 minutos entre as doses. Se o estômago, que já está sensível, se encher rapidamente, provavelmente ele vai se contrair e vomitar novamente.

Se estiver conseguindo com pequenas quantidades, com calma, vá aumentando aos poucos, e ofereça alimentos leves, como um pedaço pequeno de maçã, uma bolacha “água e sal” ou biscoito de polvilho (preferencialmente sem leite na bolacha ou biscoito). Ao conseguir aceitar, com calma, ofereça refeições leves, como arroz com legumes cozidos, canja ou sopa com macarrão. Caso ocorra de vomitar novamente, como recebeu líquidos em pequenas quantidades, boa parte deve ter sido absorvida, o que evita a desidratação. Recomeçe novamente com a pausa alimentar por 1 hora, seguida por líquidos.

Caso os vômitos ainda permaneçam, podem ser usadas medicações, como Nux Vômica ou Ipeca CH6 (homeopáticas – independentes do peso ou da idade do paciente) ou Ondansetrona (alopático, mas com dose variando de acordo com o peso).

Evite alimentos mais gordurosos ou “pesados” como leite e derivados, leite de soja, condimentos, alimentos artificiais. Prefira inicialmente os líquidos como sucos naturais, água de côco, chás, água.